política

Crise no Senado » Senadores do Maranhão são alvos de processos
Uma reportage da Folha de São Paulo aponta que um terço dos senadores do país tem alguma pendência judicial.

Publicação: 10/08/2009 11:08

O Imparcial Online

Reportagem publicada nesta segunda-feira, na Folha de São Paulo, mostrou que um teço dos senadores brasileiros é alvo de inquéritos, ações penais no STF (Supremo Tribunal Federal) ou acusações de irregularidades eleitorais ou cíveis.

Segundo a reportagem, dados de diversos tribunais do país apontam que 27 dos 81 senadores do país enfrentam algum caso na Justiça.

Três representantes do Maranhão estão na lista.

Epitácio Cafeteira (PTB) é acusado, no TRE-MA, de irregularidades em captação e gastos de recursos de campanha. Mauro Fecury (PMDB) é processado pelo INSS por danos ao patrimônio histórico. Lobão Filho (PMDB) é acusado de crime contra telecomunicação, além de um outro inquérito contra a ordem tributária.

O cálculo não leva em conta litígios de natureza particular ou movidos apenas por adversários políticos. A revelação ocorre num momento em que o Senado enfrenta uma das piores crises de sua história, na esteira de uma série de denúncias contra seu presidente, o senador José Sarney (PMDB-AP).

Dos 27 senadores com ocorrências na Justiça, 10 são da oposição e 17 da base aliada. O partido com maior número de senadores citados na Justiça é o PMDB, 8 de uma bancada de 19 congressistas (42%).

Do total de senadores com ocorrências na Justiça, cinco são suplentes que assumiram o cargo com a saída do titular.
Compartilhe
| Mais

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.